Meus Sonetos

Por uma estrela...Vagando
De uma lira, melodiar os sonhos,
Ente sons dum provindo espaço,
Sentir a tesla indutor compasso,
Entre acordes líricos, tristonhos.

Entre claves desafiando o tom
Entre rimas, desafiada métrica.
Em entrelinhas, desafiar à ética,
Desafinar, contraverter o som.

De um verso, reversa melodia.
Reviver, na noite, a luz do dia,
De uma forma feliz, magistral.

Nas estrelas, enxergar as notas
Entre nuvens, a seguir às rotas,
Parindo a composição madrigal.




...Otacilio Pires. 31/12/16

-------------------------------------------------------------------

Contestação

Sem razões pra comemorar;
O que vem a ser O Natal.
Um mundo voltado pro mal,
Crianças afastadas do lar.


Nos campos de refugiados
Abrigos sem direito ao lar
Síria, sofrimento a aplacar,
Erros humanos condenados.


Mas este natal capitalista,
Cada dia mais individualista,
Nada lembra o Natal de Jesus.


Que deus tenha misericórdia,
A união superada pela discórdia,
E tantas vidas distantes da luz.


Otacilio Pires. 17/12/16


-------------------------------------------------------------------


Gritos no deserto.

Ecos dos meus gritos no deserto,
Pelas dores do exílio do sistema,
E por não fazer parte deste esquema,
Que explora aliena em modo incerto.

Transformando oprimido em opressor,
Vislumbrando abjeta a grande teia,
Na engrenagem sedutora que permeia,
Esquecendo-se do instante antecessor.

Difícil é combater vil crueldade,
Da medusa sedutora de maldade,
Que corrompe e eleva a ganancia.

Dize como reverter tamanha farsa?
Se o sistema sofisma e ultrapassa,
Os limites da decência e tolerância.

...Otacilio Pires. 26/05/15

-----------------------------------------


É capital ter capital?


Uma humanidade suicida,
Que só venera o capital,
Foda-se o aquecimento global!
O dinheiro comanda a vida!



A humanidade está doente.
Muita desigualdade social.
Só vale o bem material,
Quando pobreza é ingente.


A noção de humanidade,
Neste mar de insanidade,
Então, perdeu o sentido?


Processo de alienação,
Se o povo perde a noção,
O capital terá vencido!


...Otacilio Pires.
-------------------------

Para Pessoa

Teria, então, o poeta fingido?
E a dor, desta dor, tão sofrida,
Corta, magoa e maltrata a vida,
Trás ardor no coração atingido.

Fingiu o poeta completamente?
Então passou a ter sentido.
O amor passou tão combalido,
E o poeta fugiu, discretamente.

Não! O poeta não é fingidor
Pois ao sentir tamanha dor
Faz seu sofrer, ser fecundo.

Poetas sentem empatia
Por isso tem a ousadia
De ser o avatar do mundo.

...Otacilio Pires.
-----------------------------------------------------------------

Só o Sol 

Ao ver o sol nascer sozinho
Refiz-me, ante ao mormaço
No fundo, me senti escarço
De sentir o calor do vinho

A noite passou num instante
Varei a madrugada liberto
A poesia me fez inserto,
Uma estrela, feliz, distante!

São tantas de tamanha grandeza
Mas o Sol em sua realeza
É única, rompendo a madrugada.

Está próxima de nós
Das matinas aos arrebóis
Mas rende-se à noite enluarada.

...Otacilio Pires. 10-06-14

----------------------------------------------------------------------------

Nos abraços dos teus braços.

Quando me envolvo em teus braços,
A emoção toma conta e domina.
Sinto todo universo nos abraços,
No teu calor que me fascina.

Sinto a leveza da liberdade,
E, no meu corpo, um turbilhão.
Um abraço transmite a verdade,
Que vem de dentro do coração.

Não precisa falar mais nada.
Pois tudo fala nesta calada,
A alma sente em emoção.

Os abraços tem este dom,
Faz vibrar no mesmo tom,
Abraços, amor, corpos em união.

...Otacilio Pires.

------------------------------------------------------------


QUERO UM ABRAÇO

Quero um abraço cruzado ,
que me envolva totalmente,
Desses que me faz contente,
e me faz sentir amado.

Quero um abraço apertado,
que cole minha pele na tua,
e que a nossa emoção flua,
em nosso amor velado.

Quero um abraço de pele
Mas que o sinta na mente
E que o amor assim revele

Quero um abraço plangente,
Que toda tristeza repele
E que a vida siga em frente.

...Otacilio Pires 02-02-14

---------------------------------------------


Amor delicado


Existe uma grande beleza,
Como diz Chico Buarque;
No Tempo da delicadeza,
Onde o amor nos marque.

Um grande amor atemporal
Rompendo o hiperespaço
Que aportando no carnaval,
Vem habitar no palhaço.

Sorriso meigo que acalma,
Choros incontidos n´alma,
Como um poema de Orfeu.

Verdades em meias mentiras
Em odes provindas de liras,
E tudo de lindo... aconteceu.


...Otacilio Pires 10/03/15
------------------------------------------------


Oração Poema ( Poema Oração)

Que sua oração seja um poema.
Que Seu poema seja uma oração.
Para que, em cada coração,
Receba a graça suprema.

Para que o pão que chegue à mão
Seja, por Deus Pai, abençoado,
Ofereça ao irmão necessitado,
Um pouco e em comunhão.

Agradeça, não só pela graça,
Mas por tudo que se passa
Agradeça, por todo livramento.

Que tudo advém pra fortaleza
Eleve, pois, seu altar de grandeza,
Aproveite a vida em cada momento.

...Otacilio Pires.

---------------------------------------------

A VIDA É UM PALCO SEM PUDORES

A vida se faz e se refaz a cada instante
Tudo é mutável e plausível acontecer
Todo dia é sempre um novo amanhecer
E tudo acontece de forma rompante

A beleza da vida está no inesperado
No vivenciar das alegrias e tristezas
Crescer neste mundo de incertezas
No fortuito dom no qual tudo foi criado.

Creia que a nossa vida é uma dádiva
Compartilhe-a de forma ávida
O seu desperdício não vale a pena

No teatro real todos somos atores
A vida e um palco sem pudores
Expressando que nossa vida é cena.

....Otacilio Pires

(Praia de Carneiros - Tamandaré, 06/09/14)


--------------------------------------------------------------

Preconceitos

Quanta coragem! Muita coragem!
Enfrentando este mundo de frente
Assumindo uma postura diferente
Quando a sociedade o coloca à margem.

Um mundo movido por preconceitos
Que por medo, escondem opiniões,
Enquanto covardes, soltam seus leões,
E escondem, de todos, seus malfeitos.

Esperar o que? Desta condição marginal?
Enquanto a sociedade se porta imoral,
E a justiça é inócua, caduca e vazia?

Abaixo preconceitos de todas as formas
E que a justiça passe pelas reformas,
Necessárias e contra toda hipocrisia.

...Otacilio Pires.

Nenhum comentário:

Postar um comentário